Bio

Compositor e produtor musical, Thiago Cury é natural de São Paulo e iniciou seus estudos de piano clássico com Emma Souza Lima e piano popular e teoria de jazz no CLAM (Centro Livre de Aprendizagem Musical). Mais tarde estuda também arranjo e harmonia de jazz com Claudio Leal e piano e harmonia com Hilton Valente (Gogô). É graduado pela Universidade de São Paulo, no curso de Música – Composição, onde teve como mestres Willy Corrêa de Oliveira (composição) e Gilberto Tinetti (piano).
 
Desde 1993 desenvolve criações sonoras para os mais diversos fins como cinema, teatro, ópera, dança, performance e exposições de arte, tendo colaborado, entre outros, com o Teatro da Vertigem (Antonio Araújo), Teatro Promíscuo (Renato Borghi e Elcio Nogueira), José Mojica Marins (Zé do Caixão), Carlos Nader, Evaldo Mocarzel, Jorge Bodanzky, Associação Cultural Videobrasil, Cinemateca Brasileira, Canal Arte (França).
 
Teve suas peças tocadas em festivais como o Encompor - Encontro de Compositores Latino-Americanos e ganhou prêmios e fomentos em composição como o Prêmio Nascente, Concurso Nacional de Arranjos para Banda Sinfônica de Tatuí, Festival Internacional de Cinema de Brasília, Festival de Teatro de Americana.
 
Atuou também em ações ligadas à arte-educação como o desenvolvimento do Programa Vale-Música (Vale do Rio Doce) e em oficinas musicais na rede de escolas públicas de São Paulo, Sesc, Sesi, Cinemateca entre outros.
 
Em 2006 cria a ÁguaForte, selo e editora com a qual desenvolve e produz projetos culturais especiais na área da música, realizando concertos, gravações e publicações de partituras, como os projetos Willy Corrêa de Oliveira - O Presente, Todo Nazareth – Obras Completas, O Violino na Metrópole, O Piano de Gogô, Bixiga70, entre outros.
 
Em 2009 atuou como consultor da Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, e em 2010 esteve na Funarte – Fundação Nacional de Artes, atuando como diretor do Centro de Música, onde coordenou a Pré-Conferência Setorial de Música e participou da II Conferência Nacional de Cultura.

 

Em 2013 cria o Festival Música Estranha: Mostra Internacional de Música Exploratória, realizando a primeira edição em São Paulo (musicaestranha.me).